Ela me olhou e disse que era uma garota de programa, que eu sabia disso, e perguntou se eu queria namorar com ela.

Lindas Garotas de Programa BH

Eu me apaixonei por uma garota de programa

Ela é muito madura para alguém que só tem 23 anos, mas é uma garota muito afetuosa

Categorias:  

Minha experiência de namoro com uma garota de programa é uma história meio complicada. Eu me divorciei a 5 anos e depois disso sai com poucas mulheres e só tive 2 relacionamentos sérios. Meu último relacionamento antes de conhecer a Carolina, quase não tinha sexo, e durou quase um ano, e para ser honesto eu já tinha desistido de tentar encontrar outra pessoa. Eu sou uma pessoa muito carinhosa e sentia falta de alguém que também fosse assim comigo.

Eu já tinha saído com algumas garotas de programa mas os encontros eram frios, eu queria mais carinho do que sexo e já tinha uma opinião formada de que garotas de programa não resolviam o meu problema. Eu também tentei os sites de namoro mas não deu certo.

Uma noite eu estava em casa navegando na internet e vi um anúncio de acompanhantes, era uma menina muito bonita. Eu tentei resistir mas acabei ligando para marcar um encontro e a pessoa que atendeu disse que a menina que eu queria não estava disponível, eles me ofereceram outra garota e eu fiquei muito desconfiado, quase desliguei o telefone mas resolvi continuar, eu estava muito sozinho, nem era pelo sexo, eu acho que só queria ver uma garota bonita e conversar um pouco. Marquei o encontro e a tal menina não demorou muito para chegar.

Fui conheci a Carolina, uma menina incrivelmente linda, com 23 anos e quase um metro e setenta de altura. Ela era muito animada, tinha um sorriso lindo e fazia tudo parecer tão natural… Eu estava adorando aquela menina, nós conversamos por quase uma hora antes do sexo, eu nem via o tempo passar, só estava adorando o fato dela estar ali comigo.

Eu marquei um segundo encontro uma semana depois e foi ainda melhor, ela era muito carinhosa, era completamente diferente das outras garotas de programa que eu tinha conhecido. No nosso terceiro encontro eu disse que ela era muito boa no que fazia e ela falou que não era trabalho quando estava comigo. É claro que isso fez eu me sentir muito bem, mas eu não parava de pensar que ela devia dizer isso pra todo mundo. Nesse dia ela me deu o e-mail e o whatsapp pessoal dela e nós começamos a conversar mais.

No nosso quarto encontro ela estava muito mais carinhosa comigo, na verdade, mais carinhosa do que qualquer outra garota de programa com quem eu já sai. Ela me perguntou quanto eu cobrava pra ficar com ela a noite toda, eu respondi que meu preço era razoável e nós começamos a rir. Ela me fazia sentir vivo de verdade.

Ela estava procurando um lugar pra ficar, estava saindo do apartamento mas ainda não tinha encontrado outro lugar. Ela me disse que fazia programa para pagar a faculdade e que ia parar quando se formasse e conseguisse um emprego.

Nesse ponto você pode até pensar que ela estava me usando, mas ela paga a metade da conta todas as vezes que nós saímos e depois do nosso quarto encontro ela não aceitou mais receber o meu dinheiro. Ela diz que nasceu na época errada e que não suporta os meninos da sua idade. Ela é muito madura para alguém que só tem 23 anos, mas ao mesmo tempo é uma garota muito afetuosa.

De vez em quando ela falava que por ser uma acompanhante era difícil namorar, ter alguém na sua vida, viver um relacionamento sério. Ela não podia ser sincera com ninguém. Eu me sentia exatamente assim, sentia falta de um relacionamento, de alguém pra conversar, pra rir, pra incentivar…

Um dia ela me olhou e disse que era uma garota de programa, que eu sabia disso, e perguntou se eu queria namorar com ela. Eu a beijei e respondi que não me importava com oque ela fazia, falei que adoraria namorar com ela.

A verdade é que eu não me importo com o trabalho dela, ela me dá mais carinho do que qualquer pessoa com quem eu já estive em toda a minha vida, ela me faz sentir que vale a pena viver, eu não preciso de antidepressivos e eu não poderia estar mais feliz.

Eu tenho certeza que esse tipo de situação não funciona tão bem para todo mundo, mas o fato é que isso foi a melhor coisa que já aconteceu comigo.

Essa é minha história.

GAROTA BH, GAROTA LINDA

As acompanhantes mais lindas de Belo Horizonte estão aqui, você só precisa ligar e marcar um programa!

Silvinha (31) 97138-6596

Yasmim (31) 98281-5340

Bianca Angel (31) 99150-1880