Todos os homens podem ser cornos, mas só um cuckold sentirá prazer e desejará essa situação...

Garota Linda

Cuckold – Tudo que você sempre quis saber sobre ser corno

Entendeu a triste situação dos pobres cuckolds? Eles nem sempre podem ostentar o orgulho de serem corno e puta...

Categorias:   ,

Cuckold
Casal cuckold e o macho alpha

Imagino que você já escutou a palavra cuckold antes, mas você sabe o que isso realmente significa? Cuckold é muito mais do que ser corno, é uma cultura, um estilo de vida.

Em nosso senso comum, nós entendemos o termo cuckold como sinônimo de corno, e corno é, por excelência, a definição do cônjuge traído pelo seu par adúltero.

Cuckold é um termo muito antigo, que apareceu registrado pela primeira vez no poema satírico do século XII, “The Owl and the Nightingale”. A origem semântica vem da palavra “cuco”, o pássaro, porque essa espécie coloca os seus ovos nos ninhos de outras aves.

As coisas mais gays que homens héteros já fizeram.

O cuckold e o corno comum

Corno, é um homem que foi enganado por sua esposa, que fez sexo com outro, ou outros homens. O corno não precisa necessariamente saber que é enganado, mas quando descobre, geralmente não aceita muito bem o seu status, que é considerado uma ofensa.

Outra definição comum é dizer que o homem traído usa cornos, chifres. Isso é uma referência a veados, que usam seus chifres na luta para disputar uma fêmea. O corno não é publicamente visto como “homem suficiente” para satisfazer a sua mulher e impedir ela tenha sexo fora do casamento.

Todos os homens podem ser cornos, mas só um cuckold sentirá prazer e desejará essa situação. Entende? Essa é a diferença entre um cuckold e um reles corno comum.

O cuckold é um corno que não se ofende, ele gosta de saber que a sua mulher faz sexo e tem prazer com outros homens. Para ele, ser corno é um privilégio, nunca uma ofensa. Ele se orgulha dos chifres, e ama ser chamado carinhosamente de “meu corninho” pela sua hot wife.

Um cuckold as vezes se diverte imaginando se os seus amigos, na rua ou no trabalho, sabem que ele é corno. Na cabeça dele, isso significa que os amigos vão saber que ele tem uma mulher de atitude, verdadeiramente livre, que se satisfaz sexualmente com quem quer e da forma que ela deseja, portanto, uma mulher feliz. É uma honra, um verdadeiro privilégio ser o marido de uma mulher assim, por isso ele sempre terá muito orgulho de sua esposinha.

Acompanhantes explicam a diferença entre sexo por amor e por dinheiro.

Quando o corno esconde os chifres

Também pode acontecer do cuckold se envergonhar de sua situação de corno quando ela se torna pública, mas isso só acontece por causa do preconceito que os outros homens têm, os pobres e antiquados infelizes que ainda não entenderam como é bom ter uma mulher verdadeiramente empoderada ao seu lado.

Em geral, os outros homens podem ver o cuckold como um fraco, podem sentir pena dele ou tentar diminui-lo, e até agredi-lo fisicamente. Podem discriminá-lo nas situações sociais e ofendê-lo em todos os âmbitos de sua vida, como se por ser corno, ele não fosse homem, não fosse alguém que paga as suas contas, não fosse um bom profissional, um bom filho, um homem honrado, digno, e um bom cidadão.

Se um troglodita mal-educado souber que ele é corno, não vai vê-lo como alguém que simplesmente tem uma mulher que faz sexo com outros homens, mas sim alguém que merece ser reduzido em todos os aspectos de sua vida. Por isso, as vezes um cuckold pode preferir manter os seus chifres em segredo.

A esposa do cuckold também pode passar por situações desagradáveis se todos souberem que ela faz sexo com outros homens. Para ela, ser reconhecida como puta é um elogio, mas é algo que define somente o aspecto sexual de sua vida. Só que em uma sociedade conservadora ela pode sofrer todos os tipos de preconceito, ser prejudicada no trabalho e em sua vida social. E essas agressões podem se estender aos seus filhos e a toda a sua família. Por isso, as vezes é melhor guardar segredo.

Tudo que você sempre quis saber sobre a troca de casais.

A hot wife, mesmo sendo a puta do seu corninho, não é alguém que se vende por dinheiro, a não ser que essa seja uma de suas fantasias! Ela faz sexo por prazer. Portanto, não é alguém que deva ser ofendida ou desrespeitada.

Entendeu a triste situação dos pobres cuckolds? Eles nem sempre podem ostentar o orgulho de serem corno e puta. Então, seja legal quando você encontrar um. Não pense que esse aspecto sexual do casamento dele, ou dela, é uma justificativa para desrespeitar e julgar como má pessoa ou mau caráter.

Mas no fundo o cuckold gostaria que todos soubessem, ele fantasia situações assim. Afinal de contas, por que esconder algo de que se orgulha? Se não houvesse tanto preconceito, ele adoraria mostrar os chifres em público e ser reconhecido como o corno daquela puta gostosa.

Mulheres falam sobre o tipo de filme pornô que elas gostam de ver.

Um pouco mais sobre o que é ser cuckold

As pessoas imaginam que o cuckold é um homem infeliz e incapaz de satisfazer a sua mulher, seja por ser muito feio, ter um pênis pequeno, não conseguir manter a ereção, ou ser um gay enrustido. Sim, casos assim existem, mas eles podem ser descritos apenas como pessoas inseguras. O cuckold as vezes é mais bonito, tem o pau maior e fode mais gostoso do que a maioria dos outros homens com quem a sua mulher vai transar.

Ele não gosta de ser corno porque tem alguma incapacidade, os inseguros são assim. O cuckold gosta porque gosta… Essa é a tara dele. Talvez a maior prova disso seja a grande quantidade de homens que começam como machos alpha, comendo a mulher dos outros, e depois de um tempo começam a sentir prazer em ver as suas mulheres sendo comidas também.

A humilhação não é uma regra, não é todo cuckold que gosta de apanhar, ser ofendido ou maltratado. Na maior parte dos casos, quem gosta disso também sente prazer em ser dominado e fazer o papel de escravo sexual. Não precisa ser um cuckold para isso. Esses podem gostar de levar uns tapas e vão sentir prazer em serem pisados e tratados como escória tanto pela esposa quanto pelo macho comedor, e pode ser que essas situações não se limitem ao sexo.

Mas para a maioria dos cuckolds ser chamado de corno não costuma ser uma ofença, e eles gostam de satisfazer os desejos de suas putinhas! O limite vai variar de pessoa para pessoa, e eu não estou falando em tratar o corno como um merda e fazer o cara de capacho… Mas em geral, durante a transa, se ele estiver no clima, pode até aceitar um ou outro adjetivo, mesmo que venha da parte do comedor. O corno responderá prontamente, e sempre será prestativo e amigavel. Ele nunca vai empatar a foda de sua esposa. Mas isso não quer dizer que em outras situações, fora da cama, ele aceite esse tipo de tratamento.

Mulheres que transaram com homens mais velhos contam os detalhes do sexo.

Existem muitos tipos de cornos

Enquanto alguns gostam de ver suas mulheres com outros homens, e as vezes até participar, com maior ou menor grau de interação, outros preferem não presenciar. Alguns gostam de ouvir as putinhas contando os detalhes do sexo, e outros gostam de saber que suas esposas transam por aí quando sentem vontade e estão no clima, mas preferem não saber dos detalhes. Também existem os que fazem charminho e fingem não gostar, mas quando são bem adestrados pelas esposas, acabam sendo os que mais se satisfazem com a situação!

Da mesma forma, existem as donas de corno que gostam da participação do marido, elas gostam que ele esteja lá e se exibem para ele enquanto fazem sexo com o outro. Outras fazem tudo por conta própria, e contam para o corninho quando voltam para casa. E ainda existem aquelas que agem discretamente, mas gostam que saber que seu corninho sabe que ela fez!

Tem quem prefira ver vídeos e fotos ao invés de estar lá pessoalmente, e tem aqueles que ajudam a esposa a escolher o próximo macho alpha, e ajudam a putinha a escolher a roupa para sair e se encontrar com eles. Alguns guardam a calcinha usada da mulher como lembrança.

Outra coisa muito comum são os cuckolds que gostam de exibir suas esposas. Eles ajudam a escolher as roupas, quanto menores e mais justas melhor! E adoram quando suas mulheres saem sem calcinha ou com alguma roupa transparente. Eles gostam muito de perceber que os outros homens olham para a sua esposa e a desejam. Adoram quando alguém dá em cima de suas mulheres e chamam elas de gostosas na rua.

Mulheres que fizeram sexo com homens de pênis pequeno contam como foi a transa.

Também tem os que agem como verdadeiros moralistas, mas de vez em quando viajam para conhecer comedores de outras cidades, previamente escolhidos pela internet, e nessas viagens, aproveitam para exibir as putinhas publicamente em minúsculas peças de roupa. Quando voltam para casa continuam agindo como se fossem verdadeiros conservadores! Casais assim costumam usar a internet para se exibir e brincar um pouquinho! Mas absolutamente nunca, fazem qualquer coisa capaz de despertar a menor atenção das pessoas próximas a eles no dia a dia.

Os casais mais avançados podem fazer coisas que a maioria dos cuckolds talvez nunca faça. Por exemplo, tem esposas que gostam de transar com os amigos do marido, e as vezes pedem para o corno escolher um deles e convidá-lo para comer sua mulher.

É comum entre casais assim, que as mulheres recebam homens em casa e que o marido durma em outro quarto, cedendo o seu lugar na cama para o amante da esposa. Se forem garotos de programa, o marido é quem paga as despesas. E se o macho alpha prolongar sua estadia, ficando uns dias na casa do corno, ele será um excelente anfitrião!

Casais como os dos últimos exemplos costumam chamar mais a atenção, e não se preocupam muito com quem sabe ou não sabe o que eles são. É bem comum que os amigos mais próximos saibam o que acontece e que um ou outro as vezes participe da diversão!

Não existe uma regra. Ser cuckold não determina que você necessariamente vai gostar de uma ou outra coisa específica, significa apenas que sua mulher tem outros homens e que você sabe disso e gosta dessa situação. O resto varia muito, de acordo com a personalidade e o tesão de cada um.

Dez atrizes pornô tão lindas que você apresentaria para a família.

Cuckquean

Cuckquean é o termo usado para definir a esposa que gosta de ver o seu marido transando com outras mulheres. As regras não são diferentes do que foi falado acima, sobre os cuckolds, mas aqui, quem faz o papel de corninha ela ela, e o marido é o dono da corna.

Cuckquean
Cuckquean olha o marido enquanto ele come outra mulher

Embora não seja uma regra, muitas cuckqueans são bissexuais e gostam de participar da transa. Isso seria a definição de um ménage à trois com duas mulheres, mas as meninas não param por aí. Seus maridinhos são livres para fazer sexo com outras mulheres, dês de que ao chegar em casa, contem todos os detalhes para a corna!

Também é comum que as cuckqueans ajudem o marido a escolher outras mulheres, e até que convidem amigas para transar com ele. Uma cuckquean cede o seu lugar na cama para que o marido se divirta com outras mulheres, e sente orgulho em saber que seu marido se satisfaz e realiza suas fantasias com outras garotas.

20 garotas de programa contam como foi o primeiro dia de trabalho.

As 150 atrizes mais lindas do cinema pornô.

Existe espaço para todo mundo ser feliz!

E você? Ficou com vontade de ver sua esposa, ou marido, transando com outra pessoa na sua frente? O que você acha das pessoas que vivem esse estilo de vida?

Curta e compartilhe esse post!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO (clique aqui)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 mensagens para Cuckold – Tudo que você sempre quis saber sobre ser corno

  1. Rodrigues disse:

    Tenho 27 anos e minha namorada 25. Estamos juntos a 10 anos. Eu curto muito ser cuckold, e ela adora ser cuckquen, nem sabíamos a palavra para a fantasia dela, até nisso nos ajudou rs. No momento estamos tendo um momento cuckold, ela está no bar com um amigo e me mandando mensagem neste exato momento rs. Adorei o texto, parabéns pela matéria..

  2. Helio disse:

    Adoro esse estilo de vida,eu e minha esposa tínhamos esse tesão mas só na hora da transa, mas aos poucos fomos conversando e aconteceu o momento espero… Na primeira vez ela saiu sozinha e voltou sem calcinha… Transamos muito e confesso que gostei com nunca… Na outra fomos com um rapaz super dotado que conhecemos… Foi demais, revezando e fazendo ela ir às nuvens… Resumo, não quero mais parar…. Bjs e abraços!

  3. Ferrao disse:

    Os homens CUCKOLDS também tem uma pegada bissexual. Muitos maridos gostam de, no mínimo, chupar o pênis do amante da esposa.

  4. Francisco disse:

    Eu tenho 57 anos e tenho um desejo de me casar com uma mulher que aceite me fazer de corno dela. Já conversei com algumas mas não aceitaram. Algumas me disse que até fazem mas sem o marido
    Saber, e eu quero é vendo…

  5. Henrique disse:

    Como eu relatei no conto anterior.

    Minha linda raposinha mantem esse relacionamento com o Júnior, nosso amigo, no maior sigilo, e também ele não saber que ela sai com outros longe da nossa cidade.

    Pra ele, ela só tem caso com ele. Quando ele vem pra nossa casa eles se amam muito, com tesão, e eu adoro ver os 2 se amando. Ela já até ficou grávida dele só que perdeu o bebê.

    Foi com ele que ela fez o primeiro sexo anal, ele que tirou o selinho do cuzinho dela. Ele pensa que é só ele que fode o cuzinho dela. Ela é muito paparicada por nós 2. vocês não imaginam como é maravilhoso esse relacionamento.

    Sou o corninho dela. Pensa em uma mulher linda e gostosa, muitas vezes ela traz amigos no hotel que nós estamos hospedados e me apresentar como amigo, e ficam como fossem namoradinhos se amando muito…

  6. Henrique disse:

    Tenho 35 anos e minha linda esposa tem 30 anos. Estamos casados a 12 anos e a 9 anos fazemos essa fantasia.eu adoro ver minha linda e tesuda esposa fazendo amor com outro e as vezes ela sai sozinha e me relata tudo que fizeram na cama. Eu sou feliz e realizado com ela. Nós viajamos para outras cidades, fazemos no total sigilo, e ninguém imagina que fazemos isso na nossa cidade.
    Nesse tempo de 9 anos ela já teve 30 amantes. O primeiro que era um amigo meu que era casado, até hoje ele faz amor com minha esposa só que ele mora em outra cidade próxima e toda semana ele vem amar minha esposa, que aliás também é mulher dele só que ninguém sabe, e quando ele está aqui com ela ela é só dele eu só fico assistindo eles se amarem. Ninguém imagina como é maravilhoso ser um corninho.

  7. BOB 67 disse:

    Sou cuckold, mas diferente da maioria tenho tesão de não ficar apenas olhando, mas participando, seja apenas acariciando, segurando ou trocando de posição com o amigo. Tenho tesão de chupar o clítoris enquanto o pau entra na buceta melada da minha esposa chupada e toda arrombada na minha preparação para o comedor.

    Ela goza MUITO com a buceta sendo arrombada e eu chupando seu clitóris!

    Tenho a fantasia de ver o gozo escorrendo, mas em tempos de aids nunca sem camisinha, assim eu gozo dentro da buceta alargada e depois chupo com muito tesão!

    Acho que corno é o cara traído que é enganado e tem ódio do prazer da esposa.

    Cuckold é o marido liberal, gentleman, que ama sua esposa e tem prazer com quem, quando, e como ela quiser.

  8. Carlos disse:

    Parabéns pelo seu texto… Sou cuck e swinger com muito orgulho, as pessoas confundem amor com sexo, é possível viver uma linda relação amorosa e se divertir muito com tudo isto. Se me permite acrescentar ao seu texto… Todo homem ou 99% deles descobrem o sexo através dos olhos com revistas ou videos, sendo assim o prazer de assistir sua amada transando com outro em sua frente, sendo putinha de um Negro bem dotado, é um prazer indescritível, a maioria dos homens por serem machistas ou inseguros jamais assumem esta condição e deixam suas esposas em casa lavando cuecas cuidando de crianças e vivem suas fantasias gastando seu dinheiro com profissionais do sexo, uma pena porque não existe nada melhor que viver uma relação aberta e verdadeira com a pessoa amada, ao contrario que alguns textos dizem a respeito de cuck ser fraco e não dar conta da sua mulher, acho totalmente o oposto tem que ter muita coragem e minha vida sexual com a amada só melhora fica cada vez mais intenso quando estamos só nós 2. A mulher se mantem vaidosa e está sempre pronta… Mais para mim só funciona com respeito amor e verdade acima de tudo. A traição está na mentira, ser fiel não é ser monogâmico e sim verdadeiro(a).

  9. Cristiano J.Trein disse:

    Tenho a fatasia de ser corno, mas não tenho nenhuma intenção de realizar porque acredito que posso ser seriamente prejudicado na minha vida pessoa e profissional. As pessoas tem preconceito e reagem de forma agressiva. Além de ser considerada uma humilhação. Minha opinião final é que o cuckoldismo é nocivo e prejudicial no relacionamento. Além desse fetiche tenho o fetiche de ser crossdresser o que também condeno com veemência e nunca pretendo idealiza-los ou pratica-los. Aceito ajuda de psicólogos ou psicólogas para opinarem a respeito.

  10. José Maurício disse:

    Adorei, eu e minha esposa somos adeptos, gosto de assistir, hj participo tbm fazendo carinho e beijando enquanto ela tem relação, solicitação dela e adorei!

  11. philijeanmarie disse:

    Esse texto é perfeito, apresenta bem direitinho a temática em pauta. Parabéns a quem o escreveu!

  12. Nicole disse:

    Adoro ser puta de corno, pena que meu marido não sabe que sou putinha, leva chifres e não sabe, é mto ciumento, meu zap 31 97554xxxx

  13. Lucas disse:

    Lindo texto sou corno manso tbm, e minha esposa no dia que ela está com o tesão a flor da pele, eu arrumo um cara bom de rola pra comer e eu junto olhando, depois é minha vez de comer aquela gostosa toda meladinha…

  14. Cucklold disse:

    Meu sonho é ver um negro fazendo sexo com minha esposa somos de São Paulo capital

  15. Marcelo disse:

    Sou um corno manso e submisso, adoro obedecer a mulher e vê-la com machos. Curto inversão também, além de usar calcinhas etc…

  16. Korno Manso da Rainha disse:

    MEEEEUUUS DEEEEEUUUS! QUE TEXTO SENSACIONAL, PARABÉNS!!! Bateu simplesmente com tudo o que sinto há ANOS sendo corninho manso e vivendo esse ESTILO DE VIDA! Nossa, sério, parece até mesmo que fui eu quem escrevi, o texto é simplesmente PERFEITO para descrever nosso maravilhoso estilo de vida. Como sugestão para outros textos ou talvez até mesmo uma complementação deste, registro que os casais que vivem este estilo de vida tem seu relacionamento simplesmente BLINDADO, porque há plena CUMPLICIDADE entre ambos, é um relacionamento 101% transparência! Quanto mais chifre acontece, mais amor surge entre o casal, mais cumplicidade, e mais, e mais e mais! Viver a dois assim é ter um ou outro eternamente. PERMITAM-SE!

  17. Juliana disse:

    Sou uma hotwife em busca do meu culckold.

  18. wander disse:

    Adoraria ser um corno cuckold, ver minha querida gemer com uma pica que faça ela gemer gostoso gozando muito, para eu poder fazer a limpeza com minha língua, sugar toda porra que ele depositou dentro dela, logo apos chuparia o pauzão dele tirando o restinho de porra, deixaria eles prontinho para recomeçar, estariam com muito tesão me vendo chupar os dois. Delicia.

  19. Dotado Safado disse:

    Adoro ajudar apenas pelo prazer… E de uns tempos pra cá muitas esposas, noivas, namoradas ou casais mesmo… tem tido essa vontade de sentir um dotado ter outra pika pra fazer uma brincadeira mais gostosa, ou as vezes o parceiro quer ver ela com outro… por isso… se for casal, noiva, namorada ou tem curiosidade de ver ela com outro me chame… Assim como muito tem tesão em ver, eu tenho tesão enorme em meter com mulher comprometida… E se quiser só exibir até ela ficar mais a vontade, me chame… Com tempo o prazer e o tesão vão falar mais alto… add (47) 8838-3608 já ajudei vários aqui!

GAROTA BH, GAROTA LINDA

As acompanhantes mais lindas de Belo Horizonte estão aqui, você só precisa ligar e marcar um programa!

Única (31) 97153-8109

Alice Lopes (31) 98481-1248

Raffa - Atriz do teste de fidelidade (11) 93045-9020